• Jeferson Danchura

Liderança para o sucesso nos negócios

O que faz um negócio ir para frente e o sucesso ser alcançado?

Ao longo de minha carreira, fiz essa pergunta a mim mesmo inúmeras vezes enquanto conhecia diferentes empresas, algumas com bastante sucesso e outras nem sempre. Acho que você concorda comigo quando digo que “chegar lá" depende da junção de diversos fatores, mas o que observo até hoje é que o resultado desejado passa pelas pessoas que atuam no negócio – proprietários, gestores, colaboradores -, cada um tem seu papel no processo. E esses papeis precisam ser bem desempenhados

Justamente por isso, para os gestores, talvez um dos maiores desafios seja escolher pessoas certas para as posições estratégicas da equipe, fazendo com que o time caminhe alinhado e cresça junto. Um “ruído” nessa caminhada pode provocar impactos negativos no crescimento da empresa ou fazer brotar descontentamentos entre as pessoas. Bons líderes, então, são fundamentais.

 

Mas, o que faz um líder?


Normalmente quando escutamos a palavra “líder” pensamos em pessoas com habilidades diferenciadas, competentes e com magnetismo, que sejam capazes de unir, inspirar e estimular os outros. “Fulano é um líder nato” é uma expressão que se ouve com certa frequência, e talvez isso dissemine a crença de que a liderança é uma habilidade unicamente nata, e só aqueles que nascem agraciados com esse “dom” conseguirão ser líderes.

Mas não é bem assim. Eu mesmo conheci grandes líderes que começaram a trilhar suas carreiras profissionais como pessoas comuns, tiveram que aprender a liderar e fizeram isso com muita capacitação, comprometimento e dedicação.

Tanto que elencar as características de um líder e avaliar constantemente a atuação das equipes são pautas recorrentes para quem trabalha com recursos humanos. Líderes precisam inspirar funcionários em assuntos como desenvolvimento profissional, produtividade, relacionamento pessoal e cultura organizacional, mas também desenvolver ou aperfeiçoar competências próprias, ter conhecimento amplo dos processos do negócio e trabalhar com dedicação para que a equipe cresça e o negócio prospere.

E importante: diferentemente de chefias ou gerências, a liderança não pode ser imposta e independe de cargos de coordenação. E mais: ela pode ou não ser formalizada pelo gestor.

 

Essencial para qualquer negócio


Uma coisa é certa: independentemente do segmento de atuação, o sucesso é consequência para empresas que encontram ou formam (olha a capacitação aí!) bons líderes. São eles, afinal, que inspiram e engajam as equipes, conhecem e repassam a cultura da empresa e ajudam a manter o time alinhado aos objetivos do negócio.

Por experiência profissional sei que uma equipe diversa, com pessoas que têm competências e habilidades diferentes e variadas pode trazer novas ideias e gerar e aceitar com mais facilidade as inovações, mudanças e a evolução – e vamos combinar que evolução é desenvolvimento -, mas por outro lado, essa característica exige o cultivo e a manutenção de uma integração real e produtiva, para que o objetivo comum seja preservado. E quem faz isso? Os líderes fazem.


Quer ser líder? Ou identificar um?


Com base em tudo o que falamos até agora, é possível reconhecer que tornar-se um líder é um projeto de carreira totalmente viável, e que as corporações estão cada vez mais buscando lideranças efetivas. Mas um líder precisa possuir – ou desenvolver – habilidades básicas, como por exemplo facilidade de comunicar-se, responsabilidade, comprometimento, confiabilidade e flexibilidade, principalmente.



E, claro, outras mais específicas. Anote algumas:

1- Gostar de trabalhar em equipe

Essa é fundamental! Saber interagir, produzir em conjunto, comunicar-se de forma eficiente e respeitosa, e saber delegar funções e cobrar resultados é indispensável.

2- Ser um bom exemplo e comprometido

Atitudes falam por si mesmas. Sejamos honestos: como esperar que alguém se inspire em uma pessoa que não produz com eficiência, não é dedicada, não se preocupa com o sucesso do negócio e com o engajamento do time? Líderes precisam dar bons exemplos.

3- Ter criatividade, facilidade de aprendizado e ser ágil

O mundo cobra inovação, criatividade e agilidade. Tanto quanto ter ideias diferenciadas, o líder precisa reconhecer propostas de outros membros da equipe e ter agilidade para colocá-las em prática.

4- Não ter receio de tomar decisões

Iniciativa e coragem para tomar decisões são habilidades fundamentais para qualquer líder. A parte boa é que a prática traz segurança e desenvolve a capacidade de decidir, mesmo sob pressão.

5- Conhecer os processos e ter uma visão ampla do negócio

Mais do que conhecer o negócio em detalhes, o líder precisa conseguir enxergar de modo mais global todas as necessidades e os desafios existentes, pensar sempre adiante e oferecer algo a mais.

6- Ser generoso com o desempenho dos colegas e compartilhar conquistas

Um verdadeiro líder não tem receio de valorizar os talentos do time que lidera e permitir que atuem com autonomia. O líder confia no talento próprio e no valor do talento dos outros, e sabe agregá-los em prol do resultado final.


Já é líder e quer melhorar o seu desempenho?


É certo que não há um caminho único, mas todos passam por isso: coloque em prática as habilidades citadas acima e sempre: aperfeiçoe-se continuamente!

Invista no conhecimento, não se contente com o mínimo e seja um excelente líder!

E, para finalizar, uma frase para refletir:

“Antes de ser um líder o sucesso tem a ver com crescer. Quando você se torna um líder o sucesso tem tudo a ver com o crescimento dos outros."

Jack Welch

11 visualizações0 comentário